Ocorreu um erro neste gadget

Minha lista de blogs

domingo, 18 de abril de 2010

Oposição satânica



Gostaria de iniciar um pequeno estudo sobre guerra espiritual.
Esse estudo me foi ministrado anos atrás, quando eu era ainda uma adolescente, mas me marcou de forma profunda, me ajudando a abrir a visão no tocante a realidades espirituais, antes nunca percebidas por mim. Então a partir de agora participe desse pequeno, mas valiosíssimo estudo que encontra base no livro de Neemias, quando este se esmerava incansavelmente na reconstrução dos muros de Jerusalém.

"Quando sambalate ouviu que reedificávamos o muro, ardeu em ira e se indignou muito, e escarneceu dos judeus. Disse na presença de seus irmãos, e do exército em Samaria: Que fazem estes fracos judeus? Permitir-se-lhes-á isto? Sacrificarão? Acabarão a obra num só dia? Vivificarão dos montões de pó as pedras que foram queimadas?" Ne 4: 1 e 2


O livro de Neemias mostra de modo vivo a estratégia inimiga contra a restauração dos muros de Jerusalém.
Há um homem em Samaria cujo nome é Sambalate, que tudo faz para demover Neemias e todo o povo do propósito de reconstrução. Sambalate é um símbolo de Satanás ( adversário).

1) Escárneo.

Essa é a primeira investida de Satanás e seus demônios: o escárneo, a zombaria...
A voz do escárneo vem daqueles que nos cercam ou através e pensamentos, mas sua origem é o adversário de nossas almas.
O principal alvo do escárneo é nos fazer parar mediante a intimidação daqueles que zombam da nossa fé.

Primeiramente Sambalate se levanta do meio de seus irmãos e dos samaritanos
(povo que
não temia ao Senhor, portanto constituiu-se um povo desprezado pelos judeus).

Nosso adversário com certeza nos desafiará diante dos nossos inimigos a fim de nos intimidar. É nessa hora que, sem temer e sem duvidar, temos de estar em alerta e com espírito de ousadia para nos levantarmos e manifestarmos nossa confiança em Deus.
Quanto ao fato de sermos aparentemente fracos, diante de tão grande obra não deve ser motivo de vergonha pois na carta de I Co 1:27 lemos que Deus escolheu as coisas fracas deste mundo para confundir as fortes, para que ninguém se glorie perante Ele.
Até mesmo o apóstolo Paulo quando pediu à Deus que lhe tirasse um "espinho da carne"
ouviu do Senhor: "o Meu poder se aperfeiçoa em sua fraqueza", daí podemos entender a lógica do nosso Deus, que quando somos fracos, aí é que estamos fortes.

Então ao invés de ficarmos por aí desanimados e entristecidos pelas acusações do diabo, devemos sim é, nos alegrarmos e regozijarmos no Senhor, porque somos escolhidos d'Ele.

Na próxima postagem a gente continua. Assista a esse vídeo da Pastora Ludmila Ferber e se fortaleça em Deus sem parar de lutar, como diz a canção: nunca pare de lutar...










Nunca parar de lutar.... Éssa é a única atitude a ser tomada.